4 promessas para o ano novo que você realmente pode cumprir!

Autor George Bilbrey 

O meu histórico em manter minhas promessas de Ano Novo é variável, mas tenho tido mais sucesso quando faço uma (ou no máximo algumas) promessas viáveis.
Se você quiser tentar a mesma abordagem com seu programa de E-mail Marketing, sugiro considerar os seguintes projetos, tudo isso pode ser alcançado através de integração técnica básica com seu ESP atual e equipe.

Escolha uma lista maior através de uma captura mais agressiva. O tamanho da lista é um ótimo “multiplicador de força”. Uma lista maior permite que os varejistas gerem mais abertura, cliques e conversões do seu investimento atual em marketing e tecnologia.

Para obter uma lista maior (e frequentemente de qualidade superior), você deve ser agressivo na aquisição de endereços de e-mail do tráfego do site. Peça educadamente por endereços no final de uma visita ao cliente através de um pop-up tipo lightbox. Coloque uma barra no cabeçalho que inclua a possibilidade de se inscrever no topo de cada página. Ofertas que podem gerar maior taxa de assinatura (por exemplo, descontos, conteúdo novo / melhor, recursos premium, etc.). Com um pouco de esforço, você pode encontrar uma grande variedade de soluções com preços razoáveis ​​que podem ajudá-lo a capturar mais endereços do seu tráfego na web.

Melhore sua lista através da análise da qualidade da lista por fonte. Como indiquei em vários artigos anteriores, a composição da sua lista (a porcentagem de endereços que são muito ativos com o e-mail comercial) é um dos determinantes mais importantes do sucesso no E-mail Marketing. Uma lista muito ativa que recebe e-mails com arte medíocre quase sempre supera uma lista com baixa atividade impactada por mensagem de excelente criatividade.

A maneira de melhorar algo é medir isso. Medir a qualidade da lista pela “fonte” e aumentar o investimento em fontes que gerem endereços de qualidade superior.

O termo “fonte” normalmente significa a origem do tráfego do site que levou o visitante a se inscrever. A fonte também pode significar métodos de aquisição fora do site, como a captura no ponto de venda. A qualidade pode ser medida observando o desempenho de abertura, clique e transação normalizado durante o período de tempo que um assinante esteve na lista.

Executar testes de freqüência / cadência. Se você está perdendo menos de cinco por cento de seus assinantes para inscrição e marcação como “spam” anualmente, você provavelmente terá a oportunidade de enviar mais mensagens por assinante por semana. Escolha uma porção selecionada aleatoriamente de sua lista para enviar mais mensagens, e acompanhe o que acontece em uma base por assinante. Você está vendo mais aberturas, cliques e transações por assinante? A resposta é, geralmente, “sim”. Quantos assinantes a mais você está perdendo com o aumento do envio? Calcule e espere o valor de cliques ou conversões nos grupos de teste e controle para ver se o envio de mais e-mail pode gerar mais receita.

Livrar-se das regras de supressão de “regra de ouro”. Muitos profissionais de Marketing têm políticas simples, de supressão de regras que são geralmente uma função de costume (“é o que sempre fizemos”) em vez de análise séria. Ao revisar vários fatores-chave (fonte do endereço, quanto tempo o endereço está em sua lista, quanto tempo o assinante abriu / clicou / visitou o site / comprou), é possível criar mais regras de supressão finamente ajustadas que minimizem a probabilidade de jogar fora bons endereços.

O que você vai prometer para este ano?

Bom ano à todos.

Author Image

About George Bilbrey

George Bilbrey is the founder of the industry’s first deliverability service provider, Assurance Systems, which merged with Return Path in 2003. He is a recognized expert on the subjects of email reputation and deliverability and is active in many industry organizations, including the Messaging Anti-Abuse Working Group (MAAWG) and the Online Trust Alliance (OTA). In his role as president of Return Path George is the driving force behind the ongoing innovation of our products and services. Prior to Return Path, George served as Director of Product Management at Worldprints.com and as a partner in the telecommunications group at Mercer Management Consulting. He holds a B.A. in economics from Duke University, and an MBA from the Kenan-Flagler School of Business, University of North Carolina.

Author Archive